15 dez 2016

Primeira parte: Metodologias: Parte 1 – Scrum Antes de iniciar o contexto do XP, é necessário entender que metodologias ágeis assim como, o Scrum e o XP, que são as que estão sendo analisadas neste post, possuem um problema de interpretação do conceito ágil. O conceito de ágil não é ser rápido, e sim ser

Read More

02 jun 2016

SRP – SINGLE RESPONSIBILITY PRINCIPLE “Uma classe deveria ter apenas uma razão para ser modificada.” A expressão “responsabilidade” nos remete a responsável – que, por sua vez, nos remete a algo ou alguém. Dentro do SRP, coisas que se modificam pelo mesmo motivo deveriam ficar juntas, assim como, coisas que se modificam por motivos diferentes

Read More

15 fev 2016

Entregar softwares com qualidade e em menor tempo é o objetivo das empresas competitivas. Para maior qualidade, é necessário investimento em Quality Assurance, assim o produto tem um maior valor agregado, e consequentemente maior destaque no mercado. Testes automatizados, garantem entregas mais rápidas e seguras. Assim, quanto maior a cobertura dos testes realizados, maior a

Read More

30 nov 2015
VisualVM

VisualVM é uma ferramenta que integra várias outras ferramentas de linha de comando da JDK(jconsole, jinfo, jstack…) já existentes. Com ele é possível monitorar e analisar suas aplicações Java através de relatórios e gráficos em tempo real. O VisualVM é distribuído junto com a JDK partir da versão 6 – procure por “jvisualvm” dentro do

Read More

13 nov 2015

Quando se há a necessidade de otimizar uma aplicação, um dos primeiros pontos pensados é o banco de dados. Otimizar o acesso aos dados pode envolver diversos aspectos, entre os mais comuns: a maneira como a aplicação os acessa (bibliotecas, frameworks, …), caching e estrutura (indexação, normalização, criação de views, …). No cenário atual do

Read More

14 out 2015

Os exemplo estão escritos em Java e estão disponíveis no Github através deste link, entretanto linguagem é só o meio e não o resultado final, foquem sempre no conceito apresentado e não como é implementado. Nesse capítulo vamos abordar várias vertentes dos testes unitários, começando pelos conceitos básicos e avançando para pequenas implementações baseadas em

Read More

19 jan 2010

Ano passasdo perguntei ao Beck como passar parâmetros para Event Handlers adicionados dinamicamente, porque quando você adiciona Event Listener usando myComp.addEventListener(…), o handler deve esperar apenas o parâmetro do evento. O Beck deu uma solução para isso, mas deixou claro que é apenas uma solução “alternativa”, não a melhor delas. Alguns dias atrás eu estava

Read More

11 jan 2010

Quando criamos um Container no Flex e não especificamos seu tamanho, o tamanho será calculado com base nos filhos que são adicionados ao Container. Porém, caso você especifique um tamanho para ele, o tamanho passa a ser o que você especificou e, caso ele seja menor do que o tamanho dos filhos, o componente exibirá

Read More

22 out 2009

Como o título já diz, este post demonstra algumas implementações para facilitar a cópia de objetos semelhantes. Para menor acoplamento entre a camada de visualização e o banco de dados, utilizamos DTOs que são (quase) espelhos de Entidades. Ganhamos flexibilidade para criar objetos mais produtivos para o front-end, o que torna(va) o back-end improdutivo.

Read More

28 ago 2009

Bom, poucas pessoas sabem para que serve o operador lógico “||=”. Vou tentar explicar um pouco sobre ele. Na documentação da adobe este operador é descrito da seguinte forma: “Assigns expression1 the value of expression1 || expression2.”, traduzindo seria: “Atribui para expressão1 o valor de expressão1 ou da expressão2”. Lembrando que para o operador lógico

Read More