29 jan 2012

Guideline – O que é?

Recentemente percebi que muitos profissionais ainda possuem uma certa dificuldade em entender as tais nomenclaturas do ramo… como UX / UI / IxD / Guideline etc.
Mas o que tenho visto de mais comum é o uso do termo Guideline para referenciar a User Interface, UI.

É fato que a diferença entre ambos na idéia é sútil, mas na prática a diferença é bem grande, isso proque quando falamos em Guideline estamos abordando diretamente o assunto User Interface.

Vamos então ao que interessa, pois esse tema é vital na nossa área.

Guideline pode ter como tradução literal a palavra Diretriz, é o conjunto de regras para determinado assunto que está sendo abordado, mas… no Photoshop Guideline nada mais são que linhas guias, daí o nome causa confusão em algumas pessoas, e é comum isso acontecer.

Para nós que lidamos dia a dia com Design de Interface o assunto deve estar bem esclarecido, Guideline é senão o manual de regras de uma empresa referente a Usabilidade e User Interface de determinado produto.
Eu venho traduzindo e comentando sobre a Guideline do Android já a algum tempo, como podem perceber, nesse caso a abordagem da Guideline trata de User Interface, daí o nome que coloquei no título de UI Guideline.

Isso porque as Guidelines podem abordar inúmeros assuntos, são as diretrizes que as empresas colocam para serem seguidas, isso tem como objetivo manter o padrão das aplicações e com isso um respeito a usabilidade do Device em questão, do produto utilizado por aquela empresa.
Se não houvessem Guidelines os desenvolvedores e designers fariam as apps do jeito que eles imaginam, ou pior, estariam orfãos sobre alguns assuntos que precisam de solução.

Comentando rapidamente sobre o mundo Android e o mundo Apple para esclarecer melhor a idéia.

A Apple tem uma Guideline que inclusive deu o nome de Human Guideline, que deve ser respeitada do contrário sua aplicação não passará na aprovação, isso mesmo, para uma aplicação entrar na AppStore ela passa por uma vistoria, uma avaliação para então ser liberada, essa avaliação analisa bugs, mas principalmente analisa a Usabilidade e User Interface de acordo com as regras estipuladas na Guideline.

Já uma app para Android não sofre tal aprovação, mas, será difícil desenvolver para tal sem conhecer a Guideline do mesmo.
Recentemente o Google (detentor da Android) nos presentou com uma nova Guideline voltada a User Interface, deu o nome inclusive de Android Design, apesar de ser uma boa Guideline, me pareceu simples demais, com um objetivo tem direto, ensinar boas maneiras aos seus desenvolvedores, com regras básicas do Design, já que, sabemos que muitos desenvolvedores não contratam designers para desenvolver suas aplicações e resolvem eles mesmos criar as User Interfaces, causando assim uma série de aplicações com usabilidade e design um tanto quanto… bizarro.  Um problema sério da Android Market, visto que não há aprovação da qualidade da aplicação fica a critério dos usuários classificarem as mesmas.
No mais, como eu disse, as Guidelines também servem para nos orientar na solução dos problemas, e um dos problemas mais comuns no mundo Android é a diferença entre as resoluções dos devices… a page que temos sobre o assunto é esta,  um tanto quanto pobre, já que trata de um problema muito comum encontrado pelos Designers, a mesma página dá referência a uma outra já conhecida, que como sabemos, não resolve o problema, só mostra que ele é grande mesmo, ou seja, demanda trabalho e esforço para fazemos diversos assets em vários formatos para poder suportar a quantidade esmagadora de displays diferentes dos devices.

Ok, mas vamos lá, vou passar as Guidelines mais procuradas pelos profissionais, de todas as empresas conhecidas que lidam com aplicações, mas.. restará dizer, dará certo você usar a Guideline para fazer sua app?
Certamente que não, a exemplo disso posso citar eu mesmo, sou um usuário iOS, não possuo Android, apesar de entender bem da Guideline do Android por vezes me encontro limitado por não estar totalmente familiarizado com a Usabilidade do mesmo, logo, mas tenho a minha disposição celulares e tablets Android, e antes de fazer algum layout eu passo a navegar e utilizar um pouco tais devices a fim de me familiarizar. Em resumo, de nada adiantaria eu ler a Guideline se não possuo o aparelho, se não sou usuário dele.

Voltemos a Apple, eu como usuário iOS sei o que é e o que não permitido na Guideline iOS, mas, será que não podemos fazer nada que esteja fora da Guide? Sim podemos, mas para isso você tem que avaliar as aplicações que fizeram certos abusos e entender o porque a Apple aprovou, alguns destes abusos segue uma regra básica. Se não está na Guideline é porque eu posso fazer. E é exatamente assim que devemos pensar, a Guideline não tem como prever tudo, então se não está lá, podemos fazer, e não só podemos como se fizermos poderá um dia passar a influenciar tais Guidelines… é o caso de muitas aplicações que viraram referência tanto em Usabilidade quanto em User Interface.

Resumo do Blá blá blá, você deve possuir o Device, quer seja iPhone, um Android, um Windows Phone, a fim de poder desenvolver para tais Devices…  deve usar e explorar as diversas apps existentes, e então, só então ler a Guideline como referência.

Vamos as Guidelines mais famosas:

Adobe Flex UI Design and RIA Workflow

 

_________________________________________

Eduardo Horvath é UX Specialist e Designer na redspark.
Formado pela Faculdade Impacta de Tecnologia no curso Design de Mídia Digital ele atua na área de Design há mais de 15 anos.
@eduardohorvath

 

 

 

 

Comments

  • Maria Olympia Quintão de Menezes Costa
    março 30, 2013 Responder

    Não estou conseguindo enviar meus e-mails.E aí aparece uma mensagem dizendo que minha conta foi detectada algum erro e para clicar em guidelines. Aparece uma pagina toda em ingles, e eu não sei ler este idioma.Por favor me ajudem.

  • Maria Olympia Quintão de Menezes Costa
    julho 18, 2013 Responder

    Eu continuo a receber esta tal de guidelines e eu acho que é para travar os e-mails que envio

Leave a Comment