Técnico

Html5 – Edição de conteúdo e Web Storage (Exemplo)

Como Html 5 é algo novo para mim e acredito que para muita gente que visita o blog, os meus exemplos irão se limitar a coisas simples, mostrando novidades básicas. No exemplo do post de hoje vou falar sobre duas novidades, a edição de conteúdo e o Web Storage.


Edição de conteúdo nada mais é do que colocar o Html da sua aplicação em modo de design, deixando que o usuário final possa editá-lo como um simples editor de texto, porém sem conhecer nada sobre Html. Essa funcionalidade parece ser algo inútil a primeira vista, porém ela pode se tornar poderosa se formos discutir sobre aplicações html5 offline.

Web Storage tem a função de persistir uma informação dentro de um escopo definido, com um espaço de armazenamento maior do que um cookie (bem maior), e que pudesse ser acessível em qualquer página a qualquer momento sem a necessidade de carregar essa informação de página por página. Essa API é dividida em 2 itens, sessionStorage e localStorage.

sessionStorage
Esse item da API serve para armazenar informação na sessão do cliente que está acessando sua aplicação. É interessante utilizar esse tipo de storage quando o usuário tem informações específicas para a sessão como por exemplo, você deseja abrir 2 janelas da sua aplicação e em uma janela fazer a configuração A e na segunda janela, fazer a configuração B sem que elas tenham interferência uma na outra. Esse tipo de storage também não é persistido, ou seja, quando a sessão fechar, todas as informações são perdidas

localStorage
Esse item da API serve para manter uma informação guardada por tempo indeterminado, ou seja, se o usuário fechar o browser e desligar a máquina e no dia seguinte acessar sua aplicação, ela poderá recuperar qualquer informação que tenha sido armazenada no storage. Para o pessoal que conhece Flex, essa função é idêntica ao SharedObject, pelo pouco que pude testar.

Utilização
A api é bem simples, todo armazenamento é baseado em CHAVE=VALOR e agora vou comentar sobre 3 métodos básicos para sua utilização:

1. setItem(key, value)
Utilizado para adicionar um item ao storage.
localStorage.setItem(‘nome’, ‘redspark‘);

2. getItem(key)
Utilizado para recuperar o valor de uma key.
alert(localStorage.getItem(‘nome’)); //resultado ‘redspark

3. removeItem(key)
Utilizado para deletar o registro referente a key.
localStorage.remoteItem(‘nome’);

Gostaria de ressaltar que os conceitos mostrados aqui são bem simples, apenas como algo introdutório ao assunto. Espero que estejam gostando!

Autor(a)

Bruno Sales

Comentário (1)

  1. Daniel
    28 de outubro de 2011

    O sessionStorage e o localStorage são algo bem útil, porém não consegui ver vantagem em poder editar um componente HTML off-line. Tu poderia citar algum uso prático desse recurso?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.